segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

O que fez Jesus dos 12 aos 30 anos de idade?


Jesus fez muitas outras coisas que não estão escritas na Bíblia. Na verdade, seria impossível relatar tudo o que Ele fez. Deus quis revelar-nos os fatos mais importantes da vida de Jesus. Portanto não sabemos com detalhes o que Jesus fez nesse período de sua vida. Não há nenhum registro confiável que nos permita tirar quaisquer conclusões sobre esse período da vida de Cristo. Todavia, é possível tirar algumas conclusões a esse respeito, com base no que o Evangelho fala sobre a vida e o mistério de Jesus Cristo na Palestina. Podemos constatar que Ele viveu como um judeu de seu tempo por causa do seu conhecimento da vida na Palestina, da sua cultura judaica e de sua compreensão do Antigo Testamento.


Os anos ocultos de Cristo

a. Alguns tentam provar que entre os 12 e 30 anos Jesus saiu de Israel e andou pela Índia, Tibete, e Nepal, convivendo com mestres budistas e hindus. Uma autora afirma que Jesus "não se limitou ao cristianismo. Abraçou o budismo e o hinduísmo". E considera "ridícula a tese de que Cristo acumulou sabedoria dentro de uma carpintaria".

Se isso fosse verdade, Jesus seria o mais contraditório da história. Ele teria ido a outros lugares, aprendido com mestres budistas e hindus, voltado a Israel e ensinado exatamente o contrario do que aprendeu, porque o cristianismo bíblico não condiz com os principios doutrinários do budismo e hinduísmo.

b. Outros acham que Jesus conviveu esses "anos ocultos" com os essênios, um grupo religioso que surgiu no seculo 2º a.C., que viviam isolados em colonias e procuravam seguir  regras moreis muito rígidas. Alguns eram celibatários, estudavam o Antigo Testamento, mas tinham sua própria literatura, e eram adeptos do juramento. Estudiosos acham que João Batista e Jesus tiveram com os essênios.

Jesus não poderia ter vivido entre os essênios, porque jamais concordaria com a rejeição deles às doutrinas do Antigo Testamento, e nem com os juramentos, algo valorizado por esse grupo, mas ao qual Jesus também se opunha (Mateus 5.34).
Alem disso, durante Seu ministerio terreno, nosso Senhor procurou viver entre as pessoas e não isoladamente, inclusive sendo criticado por conversar e comer com pessoas não religiosas (lucas 7.34; 15.1-2; João 4.9).

O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE ESSE ASSUNTO

Os únicos textos que mencionam claramente a idade de Jesus Cristo estão no livro de Lucas 2.42 e 3.23.
O primeiro relata que Ele tinha 12 anos; e o segundo, que tinha Jesus quase 30 anos ao começar seu ministério. Então, onde Jesus estava antes de começar Seu ministério? Convivendo com Sua família, aguardando chegar a sua hora. Há vários textos bíblicos que comprovaram a certeza de Jesus de que o Pai celestial tinha a hora certa por exemplo:
Sabemos que os textos se referem à hora da crucificação. Mas, assim como o Pai escolheu a hora certa para o "fim", certamente Ele teve a hora certa para o Filho do homem começar Seu ministério.

Até receber o batismo de João, com todas aquelas experiencias gloriosas( a voz do céu e o Espirito Santo descendo sobre Ele em forma de pomba, conforme Mateus 3.16-17), Jesus era conhecido como "o filho do carpinteiro" (Mateus 13.55). E foi como tal que Ele viveu até começar o Seu ministério quando tinha cerca de 30 anos (Lucas 3.23). Após essa idade, saiu de casa e passou a não ter "onde reclinar a cabeça"(Lucas 9.58).
Vale ressaltar que Jesus era conhecido como "Jesus, o Nazareno, filho de José"(João 1.45); e como o "filho do carpinteiro"(Mateus 13.55). Lucas 4.16 diz claramente "Indo para Nazaré, onde fora criado". Com todo esse testemunho bíblico, não é necessário fazer pesquisas exaustivas para saber onde Jesus estava dos 12 aos 30 anos de idade. Ele estava em Nazaré, vivendo com sua família, aguardando a hora de começar seu ministério.

A ORIGEM DO ENSINO DE JESUS

Quando alguns judeus perguntaram: "E os judeus maravilhavam-se, dizendo: Como sabe este letras, não as tendo aprendido?(João 7.15),
o nosso Senhor respondeu: "A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou."

Os críticos de Jesus sabiam que Ele não tinha estudado em algum seminário judaico ou escola rabínica. Nenhum homem ensinou a Jesus, nem Ele era autodidata, mas o próprio Deus O havia instruído. Essa foi a resposta do Senhor. Varias vezes Jesus declarou que foi enviado pelo Pai(João 3.17,34; 5.37). Portanto entre 13 e 30 anos, Jesus não esteve frequentando escolas ou visitando outras terras para aprender com mestres orientais, mas permaneceria em comunhão diária com o Pai celeste. Ele declarou em oração: "Pai...todas as minhas coisas são tuas, e as tuas coisas são minhas"(João 17.10), inclusive o ensinamento, devemos concluir.

Pare para pensar.
"Jesus não só havia recebido o conteúdo de Seu ensino do Pai nos céus, mas também recebeu o mandato divino de transmiti-lo aos homens. Que Seus inimigos tomem nota  deste fato; a saber que ao repudiar Jesus e sua mensagem, repudiam o próprio Deus(Mateus 10.40)." William Hendriksen (estudioso do Novo Testamento).

Nenhum comentário:

Postar um comentário